O Observatório Real britânico, em Londres,  premiou as melhores fotos amadoras de astronomia de 2009. Foram recebidas 540 inscrições de pessoas situadas em 25 países, sendo que as fotos foram tiradas por câmeras, telescópios e inclusive celulares.

As melhores fotos do concurso estão expostas no Observatório até 10 de janeiro de 2010.

Espaço1O britânico Martin Pugh foi o vencedor, ao registrar a Nebulosa do Cavalo a partir de seu jardim. Para conseguir a imagem, Pugh passou dois meses analisando e registrando fotos do céu, a partir de seu jardim, com um telescópio e uma câmera digital.

Espaço2Nas Blue Mountains, na Austrália, Ted Debosz fotografou estrelas ‘em movimento’, deixando a lente de sua câmera aberta por 30 minutos. A imagem foi premiada na categoria ‘Terra e Espaço’.

Espaço3O irlandês Paul Smith, de 14 anos, foi o vencedor da categoria ‘Jovem’, com uma foto que mostra o planeta Vênus quase oculto por trás da Lua.

Espaço4Ainda na categoria ‘Terra e Espaço’, o britânico Nik Szymanek conseguiu uma imagem impressionante das estrelas da Via Láctea.

Espaço5Na Irlanda, Michael O’Connell fotografou a Lua no horizonte a leste de sua casa, usando uma simples câmera digital SLR acoplada a um telescópio. Ele foi o vencedor da categoria ‘Nosso Sistema Solar’.Espaço6O americano Edward Henry registrou as galáxias M81 e M82 e concorreu na categoria ‘Espaço Profundo’.

Espaço7Thomas Davis, dos Estados Unidos, fotografou a Nebulosa de Eta Carinae, que contém uma das estrelas mais brilhantes da Via Láctea.

Espaço8A galáxia de Centaurus A, localizada a milhões de anos-luz da Terra, foi registrada pelo australiano Michael Sidonio, e a imagem está exposta no Observatório Real.

Espaço9Às margens do rio Nepean, na Austrália, Vincent Miu obteve uma imagem da trilha deixada pela Lua e pelos planetas Vênus e Júpiter no ceú.

(Fotos: Royal Observatory/Divulgação, fonte: BBC)

Anúncios