Quem foi Júlio Verne?

Jules Gabriel Verne nasceu no dia 8 de fevereiro de 1828 e faleceu no 24 de Março de 1905 -França. Foi um autor francês que ajudou a criar o gênero de ficção científica. Ele é mais conhecido por seus romances Uma Viagem ao Centro da Terra (1864), From the Earth to the Moon (1865), Vinte Mil Léguas Submarinas(1869-1870), Volta ao Mundo em Oitenta Dias (1873) e A Ilha Misteriosa (1875).

Quais sãs as principais características de suas obras?

Romances de Júlio Verne foram anotados por ser surpreendentemente antecipações precisas dos tempos modernos. Verne foi um dos primeiros escritores a praticar uma literatura na linha da moderna ficção científica. Verne previu, entre outros inúmeros inventos, a televisão; o helicóptero; o cinema falado; a iluminação a néon; o ar condicionado; os arranha-céus; os mísseis teleguiados; os tanques de guerra; os veículos anfíbios; o avião; a caça submarina; o aproveitamento da luz e da água do mar para gerar energia; o uso de gases como armas químicas.

Quem foram suas influências?

Edgar Allan Poe, Alexandre Dumas – pai, Victor Hugo, Daniel Defoe, Johann David Wyss, Józef Sekowski.

Quem foram influenciados?

HG Wells, Julio Cortázar, Emilio Salgari, Boussenard Louis, William Golding, Donald G. Pereira, Arthur Conan Doyle, Edgar Rice Burroughs.

Curiosidades:

Júlio tinha um sobrinho paranóico, este lhe deu dois tiros que um deles acertou-o na perna esquerda, que  o fez permanecer manco para o resto da vida.

Em 1888, Verne entrou política e foi eleito vereador da cidade de Amiens, onde promoveu diversas melhorias e atuou por quinze anos.

Enquanto Verne é considerado na França como um autor de livros de qualidade para os jovens incluindo tecnologia e política, porém sua reputação nos países de língua inglesa sofreu por muito tempo como um resultado da tradução “pobre”.

Obras:

Verne escreveu numerosas obras, as mais famosas fazem parte dos 54 romances de “Viagens Extraordinárias”. Ele também escreveu contos, ensaios, peças de teatro e poemas. Muitas de suas obras foram transformadas em filmes.

Anúncios