O americano Bert Hickman, de 62 anos, transformou em arte seus 32 anos de experiência como experiência como engenheiro, criando esculturas com descargas elétricas. Para formar imagens em 2D e em 3D, Hickman,  utiliza um acelerador de partículas de 5 milhões de volts. (BBC)

Bert Hickman transformou 32 anos de experiência profissional em hobby. (Foto: Mike Walker).

Ele utiliza um acelerador de partículas, que ao injetar elétrons em um molde de acrílico, provoca uma descarga de até 2,5 milhões de volts (Foto: Mike Walker).

Segundo ele, a descarga elétrica retida no molde é semelhante àquela que se acumula em nuvens durante uma tempestade (Foto: Bert Hickman/Stoneridge Engineering).

O resultado é um efeito muito parecido com o de um raio dentro do acrílico, que deixa um rastro de tubos e frações microscópicos (Foto: Bert Hickman/Stoneridge Engineering).

Sem modéstia, Hickman diz que suas esculturas de luz são “as melhores em 2D e 3D do mundo” (Foto: Bert Hickman/Stoneridge Engineering).

Anúncios