A primeira foto abaixo foi a grande vencedora de um concurso anual promovido pela revista Science e pela Fundação Nacional da Ciência, dos Estados Unidos, para premiar imagens científicas.

O concurso também premiou concorrentes nas categorias gráficos e pôsteres de informação, games interativos e mídia não interativa.

Os premiados foram anunciados na última edição da revista Science, publicada pela Associação Americana para o Avanço da Ciência. (BBC)

Esta foto, que mostra nanofibras plásticas com um diâmetro de 1/500 de um fio de cabelo ao redor de uma minúscula esfera, foi a vencedora do concurso anual sobre visualização da ciência realizado pela revista ‘Science’ e pela Fundação Nacional da Ciência, dos EUA. (foto: ‘Save our Earth. Let’s go Green’, de Sung Hoon Kang, Joanna Aizenberg e Boaz Pokroy, Harvard University). Segundo um dos autores, o pesquisador Sung Hoon Kang, da Universidade Harvard, cada minúscula fibra pode representar uma pessoa. No conjunto, elas são capazes de sustentar a esfera (ou a Terra).

Esta foto, que recebeu menção honrosa, foi tirada por um cientista da Universidade de Wisconsin e mostra cristais comprimidos de um sal coletado no Vale da Morte, na Califórnia. Ao pingar água sobre os cristais, micróbios começaram a ganhar vida. As cores são produzidas pela luz que passa pelos cristais. (‘Microbe vs. Mineral’ (foto: Michael P. Zach, University of Wisconsin – Stevens Point). Uma imagem semelhante a flores coloridas formada por uma experiência com células e uma foto que mostra o processo de auto-fertilização de uma flor.

Esta imagem foi criada por acaso com o colapso de células sobrepostas a pilares de polímeros com 10 micrômetros de altura. Os cientistas estudavam as forças exercidas pelas células e foram surpreendidos pelo aparecimento das formas. A imagem recebeu menção honrosa. (‘Flower Power’ – foto: Russell Taylor, Briana K. Whitake e Briana L. Carstens, University of North Carolina)

Esta imagem, primeiro prêmio na categoria ilustração, mostra as forças exercidas por células pulmonares ao formar capilares. A imagem faz parte de um projeto para apresentar bases de dados grandes e complexas em novas formas. (‘Branching Morphogenesis’, ilustração: Peter Lloyd Jones, Andrew Lucia e Jenny E. Sabin, University of Pennsylvania’s Sabin + Jones Lab Studio). A imagem tridimensional faz parte de um projeto para apresentar dados científicos de maneiras novas e criativas.

A ideia dos autores desta imagem de um hambúrguer de água-viva era usar uma imagem absurda para advertir sobre os riscos da pesca excessiva e das mudanças climáticas sobre a fauna marinha. Com o aquecimento dos oceanos, as águas vivas se tornariam mais comuns. (‘Jellyfish Burger’, ilustração: David Beck, Clarkson University, e Jennifer Jacquet, University of British Columbia)

Anúncios